Como salvar o Dia das Crianças no varejo

Não tem sido fácil para o varejo brasileiro enfrentar a crise econômica dos últimos três anos, pois a queda nas vendas foi monstruosa e causou vários danos. Mas, mesmo diante de uma situação dessas, criar uma expectativa positiva, principalmente nas datas comemorativas , tem sido a escolha de muitos lojistas, já que precisam ganhar um fôlego a mais para enfrentar as dificuldades na maior parte do ano.

01

E, pensando nisso, como já está se aproximando o Dia das Crianças, acreditamos que esse seja um momento oportuno para driblar tais dificuldades e implementar medidas que possam aumentar as vendas em sua loja de roupa infantil. Então, quer saber como você pode se dar bem nessa data tão especial? Fique de olho em nossas dicas!

Separe os produtos por faixa etária

Quem vai usufruir do presente é a criança, mas na maioria das vezes quem escolhe são adultos, normalmente com algum grau de parentesco. E o que eles procuram, além de preço bom e produtos de qualidade? Eles querem, em sua maioria, gastar o menor tempo possível na loja e desejam ter todas as opções daquilo que procuram em um mesmo espaço.

Por isso, para atender a esse público que quer tudo para ontem, é importante separar cantinhos específicos para cada faixa etária, senão a procura pelo produto ideal se torna desgastante e cansativa.

Faça uma decoração com personagens da atualidade

A decoração da loja para o Dia das Crianças tem que transmitir tudo aquilo que os pequenos desejam ver e ouvir. Para tanto, crie uma linda decoração temática com personagens do universo infantil da atualidade, aquilo que remeta ao que eles vivenciam em seu dia a dia. Tudo isso pode fazer com que a criança se distraia com maior facilidade e os adultos permaneçam mais tempo na loja para realizar suas compras e quem sabe levar produtos adicionais e/ou complementares.

Seja atencioso e acolhedor, sem ser invasivo

Para crianças que já fazem suas escolhas e apenas contam com o auxílio dos pais, busque uma aproximação e use uma linguagem condizente com sua faixa etária. Pergunte que tipo de roupa eles gostam e lhes mostre somente aquilo que possa lhe agradar, afinal, as crianças também perdem a paciência e podem de uma hora para outra querer sair da loja.

Por isso também, ofereça as opções e os deixe a vontade para experimentar e escolher os produtos. Às vezes eles aceitam somente a presença e opinião dos pais ou parentes que o acompanham. Nesses casos, mantenha certa distância, mas fique atento caso sua presença seja solicitada.

Tenha bastante paciência

A maioria das crianças são inquietas e não sabem exprimir ao certo sua relação com o produto, principalmente as menores. Elas necessitam de uma orientação adequada e você precisa se certificar se a roupa é indicada para idade e o peso, se o calçado é grande demais ou está machucando, entre outras coisas.

O grande problema nesse processo é que ele pode demorar um pouco e a criança pode se irritar e perder a paciência de experimentar uma peça atrás da outra, por exemplo. Por isso você precisa ter uma dose extra de paciência, mesmo porque existe um detalhe importante: nos dias que antecedem o Dia das Crianças, as lojas costumam ficar mais cheias, outra razão para os pequenos demonstrarem irritação.

Gostou de nossas dicas? Então não espere mais, comece a colocá-las em prática agora mesmo!

Como salvar o Dia das Crianças no varejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo