Conheça os desafios e as tendências do varejo de moda

O varejo de moda tem passado por grandes transformações por conta de questões econômicas, por avanços tecnológicos e também pela existência de um novo perfil de consumidor, que hoje é muito mais exigente e consciente na hora de efetuar suas compras.

01

Daí a necessidade de adaptação por parte dos lojistas, principalmente no que diz respeito às novas formas de interação, aos desafios e tendências do varejo de vestuário.

Nesse post daremos destaque justamente a isso: desafios e tendências do varejo de moda na atualidade.  É preciso muita atenção!

Confira!

Omnicanal

O canal digital está cada vez mais forte no varejo de moda e ainda mais presente na tomada de decisão dos consumidores. Hoje existe um leque de possibilidades de contato com os clientes, opiniões são formadas e compartilhadas sobre todo e qualquer produto comercializado.

A competitividade está em alta e as redes sociais têm sido um instrumento poderoso de divulgação e vendas de produtos. Cada vez mais sites e blogs são criados para possibilitar os melhores caminhos, escolhas e decisões dos clientes.

Desse modo, o trabalho voltado a integração de todas as formas de contato, alcance e canais de venda passa ser ainda mais fundamental para obtenção de bons resultados. É preciso se atualizar o tempo todo!

Fast Fashion (moda rápida)

Esse modelo de comercialização da moda foi criado na Europa, ele abastece o mercado com as novidades do mundo fashion de forma rápida e já é uma realidade em todos os países.

É uma tendência global e instrumento essencial dos varejistas de moda. A renovação constante das peças comercializadas é um modelo que envolve o consumidor no design do produto, na medida em que é produzido aquilo que o consumidor deseja.

Parceria indústria e varejo

Os relacionamentos clássicos com os fornecedores já são insuficientes, pois agora o setor precisa investir em programas de desenvolvimento conjunto e compartilhamento de benefícios.

Tornou-se fundamental o investimento em relacionamentos estratégicos e de longo prazo, de modo a gerar vantagem competitiva, melhores produtos, melhor aceitação, melhor entrega e melhor entendimento.

O foco do setor é buscar o equilíbrio entre custo, velocidade e qualidade!

Consolidação e formalização do setor

No Brasil as confecções que vendem peças aos varejistas são em boa parte informais. Estima-se que existam 40 mil pequenas confecções, sendo apenas 6 mil formais.

Além disso, os valores empregados as roupas em nosso país é um dos mais altos do mundo, o que faz com que o consumidor busque por mercadorias fora do Brasil, muitas vezes falsificadas, mas livre de impostos de importação.

Por essa razão, faz-se necessário e urgente a formalização do setor para gerar crescimento na produção e também do mercado varejista de moda.

Está pronta pra enfrentar os desafios e aderir as tendências do varejo de moda?

 

 

 

 

Conheça os desafios e as tendências do varejo de moda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo